Transformadores - Fonte Elétrica dos Microscópios - Princípio Básico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Transformadores - Fonte Elétrica dos Microscópios - Princípio Básico

Mensagem por Admin em Sab Jul 02, 2016 4:18 pm

Transformadores


Olá caros alunos do Curso de Manutenção Geral de Microscópios.

Iniciaremos esse bate-papo de uma forma bem simples. Falarei sobre o funcionamento dos transformadores em especial do trafo (esse é o diminutivo técnico para a palavra transformador) do microscópio para seu sistema de iluminação.


No nosso caso, o trafo é bastante simples, veja a figura abaixo, com uma entrada e uma única saída:


São utilizados em vários equipamentos do nosso cotidiano, como, por exemplo, nas instalações elétricas e também em equipamentos que utilizam como princípio de funcionamento a eletricidade.
É importante, tanto para a segurança quanto para o bom funcionamento (eficiência) dos aparelhos elétricos, que a tensão que sai da usina geradora de energia elétrica e a tensão que chega até as residências sejam relativamente baixas.
Mas, por outro lado, quando se transmite energia da usina até as casas, indústrias, etc., é preferível que se trabalhe com uma corrente elétrica muito baixa, mas para que a corrente seja relativamente baixa a tensão produzida deve ser bastante alta. Para que se eleve a tensão são utilizados os transformadores.
O transformador é um dispositivo que não tem partes móveis, utiliza a lei de indução de Faraday e não funciona com corrente contínua.
Como mostra a figura abaixo, o transformador é formado basicamente por duas bobinas com diferentes números de espiras, enroladas em um mesmo núcleo de ferro. O enrolamento primário está ligado a um gerador de corrente alternada e o enrolamento secundário está ligado a uma resistência.
Funcionamento de um transformador
Quando ligamos uma corrente alternada no enrolamento primário é produzido um campo magnético que é proporcional ao número de voltas do fio em torno do metal e a intensidade da corrente aplicada. O fluxo magnético que é produzido chega ao núcleo do braço metálico e sem encontrar resistência chega ao enrolamento secundário.
Após chegar ao enrolamento secundário, por indução eletromagnética, cria-se uma corrente elétrica que tem variação de acordo com corrente do enrolamento primário e também com o número de espiras dos dois enrolamentos.
Temos centenas de modelos, tipos, funções, qualificações etc etc etc. Observe as figuras mais abaixo:


Admin
Admin

Mensagens : 35
Data de inscrição : 19/09/2015

Ver perfil do usuário http://cpma.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum